Viagens

 

Troca de opiniões relacionadas com experiências de viagens realizadas.

Que tal planear ou mesmo viajar pela internet?

Aconselho-vos estes sites:

< http://www.alovelyworld.com/index2.html>

http://www.rome2rio.com/pt/

PESQUISA DE VOOS ECONÓMICOS

Aqui está um excelente site para comprar viagens de avião pelo preço mais barato.Vale a pena experimentar:

http://www.expedia.com/

 ——————————————————————————————————————-

RIVIERA MAYA., 23 DE NOVEMBRO DE 2009

O nosso hotel, recomendo

Duas horas antes da partida do voo para Cancun, México, lá estava eu no aeroporto com as malas prontas para o chek in.Estava animado pois não havia atrasos, e assim os horários seriam cumpridos.Saída ás 12:00 horas, chegada ás 16:15 locais.Parece pouco tempo de voo, mas não, são nada menos que 10 horas certinhas para lá, e 8:30 para o regresso.A diferença horária de Lisboa para  Cancun são de 6 horas, e o regresso é mais rápido pelos ventos favoráveis.
Ao fim de 10 horas de voo todos notamos o ar cansado dos viajantes.Mesmo as vistas bonitas que contemplamos pela janela, como as Bahamas e Cuba,(zona de Varadero), não são o suficiente para nos animar.O aeroporto de Cancun é um verdadeiro aborrecimento.Depois de ter preenchido 2 papeis de entrada mais um da gripe A, a fila era longa e quase não andava.Finalmente saí das burocracias, e  esperava-me um autocarro com o respectivo guia no parque de estacionamento.Depois mais 1 hora e meia de viagem de noite até ao hotel. Nesta altura do ano 17 horas já é praticamente de noite.
A nossa chegada ao hotel Riu Palace Riviera Maya ( clique em cima ) cinco estrelas luxo,  é brindada com uma taça de champanhe.Gostaria de deixar aqui algumas palavras sobre este hotel.É muito semelhante ao da República Dominicana, os quais são verdadeiramente fantásticos. Funcionários de uma cordialidade e simpatia excelente. Aqui tudo é bom, excepto para quem quiser fazer dieta.A comida em variedade, quantidade, qualidade está no topo.Excelentes quartos, restaurantes, piscinas, praias, espectáculos nocturnos, bebidas de todas as variedades alcoólicas ou não, 24 horas por dia, assim como a comida.
Aqui em Portugal fala-se muito na cadeia de hotéis ” Baia Principe” mas este resort, segundo opinião de várias pessoas que estiveram nos dois, a balança cai favoravelmente para o Riu Palace Riviera Maya.Podem ver um pequeno video deste hotel neste blog.
Passeio a Chichén Itzá
Dois dias depois da nossa chegada resolvemos ir visitar a famosa piramide de Chichén Itzá.O percurso foi feita de autocarro de turismo com os bilhetes previamente comprados.A viagem são cerca de 250 kms para cada sentido, ou sejam 500 kms feitos num só dia.A estrada é curiosa, pois foi aberta numa floresta densa.Do lado esquerdo e direito só se contempla vegetação de dificil progressão, a qual o homem em vários locais nunca esteve.Por isso é natural que haja mais vestígios Maias por descobrir.
Chichén Itzá  foi declarada Património Mundial da Unesco em 1988, por isso havia bastante espectativa em a visitar.Na realidade é um monumento digno de ser visto em muito bom estado, construido nos anos 435 a 455. Além da piramide, encontramos um campo de jogo da pelota.Um jogo em que consistia enfiar a bola em uma argola de pedra, batendo primeiro na parede.Além disso só se podia jogar com a anca direita e com o ombro.Este jogo poderia durar dias, e o vencedor que seria o capitão da equipa, seria sacrificado.Ou seja, cortavam-lhe a cabeça que ficaria exposta num pau á vista de todos.Por fim sem pele, seria entregue á familia.Resta dizer que seria uma honra e um privilégio  naquela altura ser sacrificado, havendo o conceito que a “vitima” iria para o céu, tendo uma vida maravilhosa.Aliás, nos nossos dias ainda há alguém que acredita em algo semelhante suicidando-se com bombas na barriga.
Passeio ao parque temático Xcaret ( clicar em cima )
Este parque é imperdível.Dentro de um arvoredo denso, encontramos as mais variadas actividades.Desde nadar com tubarões, golfinhos, a passeios de balsas por rios com paisagens tropicais.Tartarugas de grandes dimensões, a flamingos, jaguares, tocanos, quedas de água, e um passeio subterrâneo a nadar por um rio.
Existem város espectáculos, mas o último é excepcional.Duas horas de duração, com mais de 200 actores, retratam a história do México, desde os Maias aos tempos de hoje.Durante o espectáculo, vários cantores cantam música Mexicana.
Estive também em Mérida, uma cidade tipica Mexicana que só faltou ver o homenzinho sentado a dormir com um grande chapéu.
Ganhei novamente o concurso das setas, o que me deu direito a um boné e um diploma no hotel.Sinceramente não sabia desta minha qualidade.Enfim, excelentes dias, e não se esqueçam se forem á Riviera Maya escolham o hotel Riu Palace Riviera Maya ( Novembro de 2009 ).

————————————————————————————

 

REGRESSO DE  MUNIQUE,  31 DE AGOSTO DE 2009

Munique é uma cidade lindíssima, aliás como quase na totalidade de todas as cidades, vilas, e aldeias da Baviera.

Desde a praça de Max Joseph platz, a marienplatz.htm com o seu relógio animado ás 11:00 e 17:00, é um delírio para a vista. Aconselho vivamente a alugarem uma bicicleta nesta cidade.Toda a cidade é plana, e assim podemos passear pelos recantos mais bonitos com facildade.Lateralmente existem imensos parques com rios, e restaurantes de jardim, os famosos “beer gardens”, com bastante animação e música.Cheguei a fazer 40 kms por dia de bicicleta, os quais se fazem com bastante facilidade num regime de passeio.

deutsches-museum é um local a não perder.Segundo dizem. andamos 16 kms para visitar todo o museu.A parte mais espectacular, na minha opinião, é uma descida a uma mina simulada mas muito bem feita. Claro que também se encontram alguns aviões interessantes como os Messerschmitt  da 2ª guerra mundial.

Claro que um dos passeios obrigatórios será a visita ao “Olympiapark” onde se realizaram os jogos olimpicos de 1972.Lagos onde se pode navegar em pequenos barcos, numa envolvente muito bonita, onde a natureza predomina.Relativamente próximo, encontra-se “Schloss Nymphenburg“, palácio construido em 1664.Muito bonito com jardins fabulosos.

Tanto para ver, e tanto para passear.Se puder vá até Munique que vale a pena, e não se esqueça de beber umas boas canecas de cerveja…

17 responses

4 11 2007
luisdel

LONDRES

Quem chega a Londres através do aeroporto de Heathrow tem o metro mesmo ali.Transporte rápido, em 45 minutos estamos no centro desta bela cidade.Aconselhamos para quem gosta de andar a pé dois itenerários.Primeiro-Inicio em Marble Arch, percorrendo Oxford street cortando á direita em Regent street.Depara-nos de seguida Piccadilly circus, e quem tiver ainda força nas pernas vamos até Trafalgar square.O segundo circuito será um passeio pelas margens do Tamisa.Talvez começar em St.James Park e terminar na famosa Tower Bridge.Neste passeio podemos contemplar a Cleopatra´s Needle, alguns barcos interessantes como o barco de guerra HMS Belfast , a Torre de Londres e finalmente a belisssima ponte de Londres.Para quem não gosta de andar a pé, e quer gastar pouco dinheiro, que é dificil em Londres, aconselhamos a apanhar os autocarros 11 e o 15.nestes autocarros de 2 andares podemos contemplar as zonas mais importantes de Londres, como por exemplo o parlamento com o famoso Big Ben.Para se comer em Londres cuidado com a carteira.A não ser os Mac Donalds e semelhantes tudo é caro.Talvez se arranje uns restaurantes chineses mais ou menos economicos.Por fim, alguns anos atrás valia apena fazer umas compras. Neste momento com a valorização da libra, poucas compras são chamadas oportunidades.Não se esqueçam também de levar o chapéu de chuva e um casaco quente ( outono, inverno, primavera ).Esquecia-me dos museus, imperdoável.Museus espectaculares, como o British Museum, o Natural History Museum, Imperial War museum etc etc, entre muitos.
Boa viagem e divirtam-se nesta grande cidade.

6 11 2007
luisdel

VIAGEM PELA EUROPA EM CARRO ALUGADO

Uma das viagens que tem alguma emoção é ir á aventura.Assim, e para começar ,devemos escolher uma cidade da Europa para alugar uma viatura.De preferência no centro da Europa para termos vários países nas proximidades.Por experiência, alugo um carro numa empresa de nome ( Hertz, Avis ), para não haver dissabores.Depois de comprar o bilhete de avião e ter marcado nessa cidade o tal automóvel, aqui vou eu.Fiz por 4 vezes esta forma de viajar.A primeira fui de Lisboa á Basileia ( Suiça), a segunda a Roma, a terceira a Paris até à Normandia, e a quarta de Paris ao norte da Europa.

7 11 2007
Ledicia Serruya

Para todos que desejam fazer uma
excursao inesquecivel a Israel.
Sou tour operator numa agencia de
turismo interno em Jerusalem especializada
em turismo Cristao.
A agencia se encontra no centro de Jeruasalem a rua Ezrat Israel 17.
Tel:972 26259334 fax:972 26259330
Temos excelentes guias (port. esp.),
precos e lugares ineditos.
Sejam bem vindos!
Convenio no Rio
Sergio Palamarczuk
Tel. 55 (21) 2547-8514
Av. N.S.Copacabana 647/1111 Rio de Janeiro
IATA 57 518985
For everyone who wants to do an
unforgettable travel to Israel.
I work at a tourism agency in Israel,
we have good prices and our
speciality is Christian places.
We have also jewish itynerary.
Be our guest!

7 11 2007
luisdel

Fica aqui os préstimos da nossa amiga, os quais não tenho qualquer responsabilidade.Deixo aqui algumas notas sobre este país, Israel.

O Estado de Israel é um país no Oriente Médio, na extremidade sudeste do Mar Mediterrâneo. É uma república democrática parlamentar fundada em 14 de Maio de 1948. É o único Estado judeu em todo o mundo. Faz fronteira com o Líbano no norte, Síria e Jordânia ao leste e Egito no sudoeste.

A capital do país e sede do governo é Jerusalém, que é também a residência do Presidente da nação, repartições do governo, suprema corte e o Knesset (parlamento). A Lei Básica estabelece que “Jerusalém, completa e unida, é a capital de Israel” apesar de a Autoridade Palestina ver Jerusalém Oriental como futura capital da Palestina e as Nações Unidas e a maioria dos países não aceitarem a Lei Básica, argumentando que o status final deve esperar futuras negociações entre Israel e a Autoridade Palestina. A maioria dos países mantém sua embaixada em Tel Aviv. Israel é o único país no Oriente Médio considerado como uma democracia liberal, tendo uma extensiva gama de direitos políticos e direitos civis presentes. Em adição, Israel é considerado o mais avançado na região em termos de liberdade de imprensa, regulamentações empresariais, competição econômica, liberdade econômica e desenvolvimento humano médio.( retirado de Wikipédia )

Gostaria por fim de acresentar que este país tem paisagens lindissimas, alternando com modernidade e história.

30 07 2009
Marta

Luis, uau estou maravilhada com o que estou vendo por aqui. Você conseguiu reunir coisas que realmente adoro – música, viagens e culinária. Visite meu ex blog. acho que só tenho mais um item por lá… o cinema e a fotografia. Adoro filmes – meus e alheios. kkkk
Gostaria de trocar ideias sobre essa viagem que fez à Suiça.
http://lua682.spaces.live.com/

22 11 2007
luisdel

CALIFORNIA DREAM

Passo hoje a descrever uma viagem inesquecivel que tive o prazer de realizar.Falo concretamente na zona ocidental dos Estados Unidos, estados da California, Arizona e Nevada.
Como podem calcular a distancia de Lisboa a Los Angeles é bastante grande.Para terem uma ideia, e no nosso caso, fizemos o transfere de avião em Paris, que são, nem mais nem menos, de 14 horas de voo.Este é o problema da troca de horas que o viajante tem, quando faz longas viagens.Para terem uma ideia, enquanto em Lisboa são por exemplo 21:04, em Los Angeles são 13:04.
Mas ao fim das 14:00 horas chegámos a Los Angeles.Uma cidade grandiosa, em que quase se fala mais Espanhol que Inglês.Claro que não está certo, mas diria que se ouve falar muito nas ruas a lingua espanhola.Grandes auto-estradas e alguns predios altos.Alguns, pois Los Angeles está numa zona sismica muito perigosa.Assim os predios mais altos estão assentes em rodas, para que estas possam auxilar em caso de tremor de terra.Podemos considerar uma cidade de noite com alguma marginalidade no centro, e como tal merece um certo cuidado.

No dia seguinte bem cedinho, fomos de autocarro para o Grand Canyon.Será interessante nesta altura dizer que fizemos mais de 3500 kms por estes 3 estados.
O Grand Canyon é de uma beleza natural fantastica, ou não tenha sido classificada como uma das sete maravilhas naturais do mundo.Seus vales, abismos, montanhas recortadas de formas bizarras, são dignas de ser vistas.Foi curioso ver em alguns locais, nos abismos incriveis passarem por eles pessoas a cavalo.Creio que é por isso, que é proibido cães nestes locais, para não assustarem os cavalos.Depois de nos deliciar com tão belas paisagens, e de repousarmos num hotel proximo, dirigimo-nos para Las Vegas.
A estrada é quase uma recta em toda a sua extensão.A paisagem é muito repetitiva.Estamos no deserto.A falta de água é notória.Só se pode ver umas plantas rasteiras resistentes, e uns cactos de vez enquanto.Por vezes pode-se observar umas casas de madeira muito simples, ou umas roulotes no meio do nada.Faz lembrar aqueles filmes que o artista, normalmente acompanhado por uma linda garota, vai meter gasolina naqueles barracões onde olham para os forasteiros com ar de desconfiados.
Uma curiosidade, a determinada altura fomos chamados á atenção pelo guia, para olharmos um carro da policia.Calculem que o carro estava lá , mas o policia era um boneco que estava dentro.Disse o guia que era para amedrontar os condutores, pois nesta região não havia dinheiro para contratar um policia de estrada.Incrivel não é?
Mas Las Vegas estava proximo, e estavamos a chegar ao hotel.

Las Vegas é uma cidade que só tem interesse praticamente numa avenida.Mas que avenida !!! Nesta avenida estão os principais hoteis que são um deslumbramento para a vista.De noite a vida não pára. E é nesta altura que se sente a vida agitada de Las Vegas.Os casinos práticamente cheios com as pessoas a gastarem os seus dolares nas slot machines, ou nas mesas de jogo, como a roleta, bacará etc.Claro que se ouve de vez enquanto umas exclamações de satisfação, mas o saldo é normalmente sempre positivo para o casino.
Mas no meio deste deserto, fez-me lembrar a viagem de avião que me trouxe até esta parte dos Estados Unidos.
O avião saiu de Paris, e ao contrario que pensava, que iria passar novamente por Portugal, foi direito á Irlanda.Assim foi para norte, passando junto á Groenlândia e norte do Canadá, até descer para Los Angeles.Tivemos a sorte de o tempo estar bom, e pudemos assim deslumbrar uma paisagem fantástica.O norte do Canadá estava coberto de gelo.Todo branco, com serras altas, rios, lagos, é sem dúvida uma paisagem lindissima.Curiosamente não vi um único rasto humano.A temperatura nestas paragens são baixissimas.
Como é diferente onde me encontrava neste momento.Mas preferia este local, pois sentia-me como uma criança na Eurodisney.Os principais hoteis casinos transportam-nos a outros locais do mundo.
Logo no principio da avenida Las Vegas Blvd s. temos o hotel Four Seasons.Este não visitámos pois passámos de imediato ao Luxor.Este é a reconstituição de uma piramide do Egipto com uma esfinge á entrada.Tudo isto com uma imponência digna de se ver.Lá dentro, e própriamente o casino, estamos no interior da piramide.É dificil calcular a dimensão mas talvez seja metade de um campo de futebol.Depois segue-se o Excalibur.Este é baseado em época mediaval, tambem grandioso.Segue-se o New York-New YorK, com a maior montanha russa do mundo.Além disso está lá com uma altura abismal o Empire State Building, o edificio da Chrysler, a estátua da Liberdade entre muitos.Simplesmente fantástico.Poderia descrever os inumeros Casinos Hoteis desta avenida, mas vou ficar só por mais três que merecem sem dúvida referencia.
O Paris Las Vegas com a torre Eiffel de 150 metros, Arco Triunfo, e a reconstituição de ruas de Paris no interior do edificio.O tecto é iluminado e pintado, parece que é de dia, apesar de ser de noite.O chão é de pedra, aquele empedrado das ruas de Paris,e todos os edificios de tamanho normal estão iluminados interiormente.Muito bonito sem dúvida.De vez enquanto deparamos com arranjos florais artisticos.
O Caesar´s Palace é baseado na cultura Romana.É tão espectacular que além de estátuas a tamanho real, foi construido no exterior a famosa fonte de Trevi.Frescos espectaculares, cópias perfeitas, decoram o interior do casino.
Por fim temos o Hotel casino the Venetian.Este faz um resconstituição quase perfeita de Veneza.Podemos inclusivamente navegar em gondolas, comandadas por gondoleiros a cantar.Está logo á entrada a ponte de Rialto, e como em Paris podemos passear pelas ruas de Veneza, construidas ao promenor.Lindissimo!!
O nosso hotel tem maquinas, e mesas de jogo, por todo o lugar, excepto no quarto, e ainda bem.O convite ao jogo é constante.Assim além de comprar umas fichas para recordação, investi 2 dolares numa maquina, que perdi.Ir a Las Vegas e não jogar, não está completa a viagem, nem que fosse 2 dolares.
O hotel chamava-se Golden Nugget, um excelente hotel, e á noite tem espectaculos de som e imagens mesmo ao lado deste.O tecto da rua com cerca de 800 metros, passam imagens que vão aparecendo ao som, por exemplo, dos Beatles.Além destes espectáculos exteriores há simulações de vulcões, repuxos de água lindissimos, que funcionam com música a determinadas horas.
Las Vegas na realidade é uma cidade a não perder.Mas chegou a hora da partida e desta vez a direcção será Fresno / Yosemite.
Todo o dia de autocarro e mais deserto e deserto.Chegámos finalmente a Fresno, uma cidade que nasceu á base da agricultura.Foi aqui, que ao jantar, fiquei admirado quando pedi uma limonada, e esta era cor de rosa.Perguntei porque tinha esta côr, e a funcionária que era mexicana respondeu-me; americanices.
Logo pela manhã, este é o problema das excursões, não dá para dormir mais um bocadinho. Assim, pelas 7 horas, malas no corredor para serem arrumadas no autocarro.

A poucos kms encontra-se Yosemite.Um parque natural muito bonito.Muitas árvores, e caminhos lindissimos para passear. Pontes onde supostamente deveriam passar rios por baixo, mas que estão secos neste momento. Tudo isto devido á enorme seca que atinge a California.E foi pena, pois no local onde existe uma fabulosa queda de água estava completamente seca.Mas valeu apena pois mesmo sem água, este local é muito bonito.
Depois de um almoço de salmão neste local, a proxima etapa será a cidade de S. Francisco

Chegámos a S. Francisco ao fim do dia.Ficámos no Hotel Hilton.Ainda deu para um passeio por um dos famosos electricos que vemos nos filmes a subir e descer as ruas de S. Francisco.Estes electricos funcionam de uma forma muito curiosa.A meio dos carris existe por baixo uma calha, com uma corrente que faz a tracção do electrico a uma velocidade constante de 16 milhas por hora.Será o condutor por meio de alavancas que controla a velocidade e paragem.É de notar que o condutor deve ter um fisico superior ao normal, pois segundo eles é preciso mesmo força.Depois fomos visitar o famoso hotel Fairmont onde passaram pessoas muito importantes.
No dia seguinte dirigimo-nos para a famosa ponte Golden Gate.A ponte é semelhante á nossa de Lisboa, e á de Estambul.Nota curiosa é que atravessámos a pé.Pena o nevoeiro.Achei incrivel o parapeito ser baixo, e desta forma existe quase 1 suicidio por dia em média anual.
Á tarde fomos andar de barco.Um passeio muito bonito, mas o que mais me impressionou foi a passagem junto á ilha e prisão de Alcatraz.Uma prisão de alta segurança onde esteve preso por exemplo o Al Capone.As águas destas zonas são geladas e existem tubarões.Assim os presos tomavam sempre banho com água quente, para não se habituarem á água fria.Mesmo assim na história desta prisão, houve 3 fugas que ainda hoje não se sabe o que aconteceu aos fugitivos.Provávelmente morreram de frio ou comidos pelos tubarões.
S.Francisco é uma cidade bonita com alguns contrastes interessantes.Por exemplo a China Town. Uma bairro de comercio chinês é bastante curioso.Foi pena o nevoeiro junto ao rio que nos tirou bastante visibilidade.Mas o dia acabou, e o dia seguinte esperava-nos o regresso a Los Angeles.

O melhor estava para vir com a visita a Hollywood e Beverly Hills.
Mas esta manhã a viagem de autocarro ia ser muito agradável.Iriamos percorrer alguns kms junto ao Mar, neste caso junto ao Oceano Pacifico.A direcção Monterey, a percorrer a fantástica estrada 17 Mile Drive.
O mar do Oceano Pacifico estava agitado.Via-se através das janelas do autocarro bastantes ondas e sentia-se um ventinho fresco.Faço ideia como estaria gelada a água.Estava mesmo bom para as focas que tinhamos visto em S.Francisco.Focas em cima de jangadas e outras a nadar.São animais simpáticos e faziam barulho como para nos cumprimentar.Estavam lá umas boas dezenas, livremente a apanhar sol.
Mas a nossa viagem continuava, e agora tinhamos o ensejo de ver casas de férias junto ao mar.Casas cujo valor chegavam aos 10 milhões de dolares.
No final do dia chegámos a Santa Maria.Ficámos acomodados no Hotel Santa Maria inn com a curiosidade de bastantes artistas do cinema já lá terem ficado.Calculem que alguns quartos tinham uma estrela na porta com o nome do respectivo artista que tinha dormido lá.O meu quarto a partir daquela altura ficou com uma estrela e com o meu nome.
Mas posso dizer por curiosidade que tinham dormido lá Marilyn Monroe, Gary Cooper,Jack Lemon,Rudolf Valentino, entre muitos outros famosos.
No dia seguinte fomos almoçar a Santa Barbara, e no principio da tarde estavamos em Los Angeles.Tinhamos voltado ao ponto de partida.Como ainda tinhamos um dia e meio para o regresso, resolvemos apanhar um transporte publico e ir até Santa Monica. O transporte publico foi o autocarro que demora quase 1 hora a chegar lá.Os passageiros são quase todos Mexicanos, Columbianos, Cubanos etc.A verdade é que só se ouve falar espanhol.
Santa Monica é o local onde foram filmadas a série televisiva “As marés vivas”. Existe bastante animação de rua, como espectáculos de amadores com o intuito de ganharem umas moedas.Mas os espectáculos são muito engraçados e com valor, desde musicais, dança e malabarismo.
Á tarde fomos a Hollywood.Fomos de autocarro e o dia estava muito bonito.Na avenida principal está impresso as estrelas dos artistas mais famosos.Chama-se o passeio da fama.Entre muitos artistas famosos, na area de actores, realizadores, cantores, estão lá dezenas de estrelinhas marcadas no chão.Eu tirei uma foto ao lado da estrela dos Bee gees, o qual sou um fã.Mas a parte mais espectacular está na entrada do local onde desfilam os artistas, nas distribuições dos oscares.Aí está marcado no cimento as mãos e sapatos de artistas famosos, como Frank Sinatra, Gary Grant,Natalie wood, Jack Nicholson, Tom Hunks, Danny Kaye, Sophia Loren e muitos outros.Claro que tirei várias fotografias colocando as minhas mãos nos negativos das mãos deles.Curioso salientar que neste local, várias pessoas se mascaram de figuras conhecidas, para o turista tirar fotografias com eles, e assim ganharem umas moedas.Estava lá a dupla da Marilyn Monroe que por sinal aparentava muitas semelhanças.
Voltámos ao Hotel Omni no centro de Los Angeles.Um excelente hotel o qual aconselho vivamente.
No dia seguinte, por volta das 18 horas tinhamos o chaufeur para nos levar ao aeroporto.Tinhamos ainda a manhã, e um pouco da tarde, para últimas compras, e para um último passeio.Assim, e depois de alguns conselhos, resolvemos ir a Pasadena.
Uma cidadezinha simpática, com um jardim cheio de esquilos, uma igreja muito bonita, algum comercio, e um restaurante onde comemos comida Mexicana.

Esta viagem foi muito interessante e produtiva.Ficámos com uma melhor visão como se vive, e como é a costa ocidental dos Estados Unidos (California, Arizona, Nevada).Na minha modesta opinião é muito melhor viver na Europa

26 11 2007
Wanesca

Olá, amigos do Luis! Eu também já me sinto uma… posso, Luis? rss
Bem, se querem conhecer um lugar diferente, muuuito diferente da Europa, EUA, enfim.. venham para o Brasil! Garanto que não é o que falam na mídia… aqui a vida é mais descompicada, mais saudável e mais colorida!
Violência, há sim! Mas não na proporção que aparece na mídia, claro que no mundo inteiro existe, basta tomar alguns cuidados como não andar com jóias e dinheiro aparentes.
Recentemente uma notícia triste nos acometeu: um turista italiano se atracou com um ladrãozinho que roubou a corrente de ouro do pai dele no calçadão de Ipanema e morreu atropelado. Muito triste!!! Mas, as autoridades do Rio de Janeiro logo se mobilizaram e já acharam o malfeitor. Em que lugar do mundo esta atitude seria tomada com tal rapidez?
Portanto, há sim, violência, mas há segurança também.
Eu moro em uma cidade no interior do Estado do Rio de Janeiro e aqui dormimos com as portas abertas, até nossos carros ficam assim “despreocupados”! E que lugar bonito!!!!!
Quem quiser conhecer praias de areias brancas e mar azul transparente, venham e se hospedem em minha pousada ou abusem de minha boa-vontade… peçam que indico uma outra pousadinha no estilo que está acostumado. Aqui tem de tudo, menos hotel 5 estrelas, tá?
Aqui tem sim, um céu com mil estrelas e um mar de uma beleza inesgotavel, onde o sol se põe numa explosão de cores e de sentimentos.
Arraial do Cabo http://www.nautilluspousada.com.br/ é um lugar para se apaixonar e viver apaixonadamente pela vida!
Venham conhecer se for possível!
Grande abraço a todos!!!!

26 11 2007
luisdel

Obrigado pelo comentário.Na realidade já fui ao Brasil 2 vezes.Uma vez ao Rio de Janeiro, e outra ao Nordeste Brasileiro.Ambas as vezes fiquei bem impressionado.Boa gente, locais lindissimos, e boa comida.Posso mesmo dizer que o Rio de Janeiro foi das cidades mais bonitas que visitei.
Deixo aqui um conselho aos meus amigos; o Brasil é um destino a conhecer, vale mesmo a pena !!! subscrevo o que disse a nossa amiga, e a sua pousada promete, deve estar numa zona lindissima.

24 11 2008
luisdel

VIAGEM AO EGIPTO

A viagem ao Egipto é uma autêntica aventura, falando na óptica de um europeu que sou eu.Este programa foi constituido por um cruzeiro no rio Nilo, barco de 5 estrelas ( 4 dias ), e hotel no Cairo também de 5 estrelas ( 2 dias ).
No primeiro dia deveriamos apanhar o avião EgyptAir ás 8:30 da manhã, mas houve um atraso de 4 horas, o que significou perdermos o outro avião que nos levaria do Cairo a Luxor.Aqui começaram as dificuldades pois já estávamos a pensar que iamos dormir no aeroporto do Cairo. Os aviões estavam cheios e não conseguiamos entrar em qualquer voo disponível.Diga-se de passagem que o aeroporto do Cairo é uma autentica confusão.Estávamos perto da meia noite e o grupo de 7 pessoas estavam muito cansadas.O guia estava na fila para tentar por tudo colocar-nos no penultimo avião da noite.Foi então que duas senhoras do grupo resolveram ir ajudar o guia a arranjar os preciosos bilhetes para Luxor.Pois não é que resultou?? O chefe do balcão derreteu-se perante o pedido das senhoras europeias e lá nos meteu no avião que tanto desejávamos.Penso agora, que uma boa gorjeta também resolvia o problema.
Chegámos a Luxor volta da 1 hora da noite.Entrámos no barco o qual nos esperava uma refeição ligeira.Penso que pouca gente comeu, pois o que nos soube bem foi uma cama muito confortável.

No dia seguinte já no barco descemos ao salão do restaurante onde tomámos um bom pequeno almoço tipo buffet.
Tinhamos fora do barco uma carrinha á nossa espera para nos levar ao Vale dos Reis, templo de Hatshepsut, colosso de Memmon e por fim o magnifico templo de Karnak.Todos estes monumentos são espectaculares, dignos de uma visita.Claro que existe muita pobreza em todo o Egipto, e até a própria policia se faz á gorjeta.

O barco do cruzeiro da subida do Nilo é muito agradável.Com piscina, bares, um excelente restaurante e óptimos quartos, são autenticos oásis na paisagem que vamos deslumbrando.Na linha da frente das margens, vemos palmeiras, campos cultivados por vezes, casas muito modestas mas sempre a sobressair um minarete.Para quem não saiba, minarete é uma torre da mesquita, do alto da qual os muçulmanos são chamados para a oração.Resta acrescentar que para trás deste verde consegue-se ver as areias do deserto.( continua )

30 11 2008
Sônia

Luis, gostei de seu blog. Virei muitas vezes, beijos

31 03 2009
Ana Santos

OLÁ ‘LUIS’
Juntar viagens a cantorias é a melhor terapia para se ser feliz e passar momentos às vezes alucinantes mas verdadeiramente inesquecíveis! Quem já passou por isto sabe o que digo: ‘Cantar fora do País de origem, no meio de outros cantores do mundo inteiro, na rua ou num qualquer recinto fechado é muita emoção, é indiscrítivel, não há palavras!’
Quem puder usufruir é algo que enche a alma, mesmo que seja no nosso País, é muito bom mesmo!
Xi-coração e um Beijo de amizade para Si Luis, da Ana.

13 05 2009
luisdel

VIAGEM A PUNTA CANA REPÚBLICA DOMINICANA

Não sei se é só comigo, mas normalmente os aviões saem sempre atrasados.Desta vez tive de esperar 3 horas para que nos chamassem para o embarque.Mas houve justificação, o avião que nos ia levar, tinha vindo do México, e teria que ser desinfectado.Ainda houve quem não quisesse embarcar com medo da gripe A, mas por fim com informações do pessoal de terra do aeroporto, lá foram as cerca de 300 pessoas para o avião.

Pela primeira vez nas minhas experiências aeronauticas aconteceu algo de inédito.O comandante do avião ao dar as habituais boas vindas aos passageiros, enganou-se e disse que iamos para o Mexico e não R. Dominicana que era o destino.Houve um burburinho, mas passados trinta minutos, emendou o erro.

Ao fim de 7:30 de horas de voo,(passados de dia) lá chegámos.O aeroporto de Punta Cana é muito curioso.São palhotas com algumas dimensões que formam o complexo.Lá tivemos que pagar 10 dolares de taxas de entrada, ou 10 euros ( como se tivesse o mesmo valor ) e á saída passa a 20 dolares por pessoa.

O autocarro esperava para nos levar para o hotel, o que aconteceu, percorrendo uns 40 minutos até ao hotel.

Ora o hotel, como iamos passar uma semana de praia, e como na periferia não havia grande interesse em visitar, escolhi o melhor resort da rede RIU.Fica aqui um conselho para os futuros viajantes.Não hesitem, escolham o Hotel Riu Palace Punta Cana de cinco estrelas.Quartos excelentes, comida de elevada qualidade, quantidade, e variedade, a funcionar 24 horas por dia, assim como as bebidas.Excelentes programas de animação.Existem torneios de ping pong, pitanga, setas, aulas de ginástica, de dança etc etc.Por curiosidade fui campeão do torneio de setas por mera sorte.No fim do dia, e antes dos espectáculos, recebi um diploma e uma garrafa de vinho.Falando de espectáculos, vi o Grease, o Cabaret entre muitos outros. Espectáculos faustosos e com qualidade no hotel.

Quem desejar ter um dia de aventura, basta aderir a um programa onde consta o local onde foi filmado o Jurassic Park e a Lagoa azul, não esquecendo umas quedas de água que aparecem no filme do Steven Spielberg.Tudo isto num monomotor, e custa 195 euros por pessoa.

Quem não quiser gastar dinheiro em programas alternativos fica na praia, e fica muito bem.Areia fina branca, mar das Caraibas com um azul lindissimo, e água morna.E não se esqueçam de dançar o merengue !!

Enfim, excelente local para se passar oito dias em regime de paraíso e descontracção.Recomendo !!!

10 09 2009
Maria

Muito legal ter jogado com vc no Net cartas como indialoira,te adoro e conhecer seu blog foi uma cultura imensa…bjos

8 12 2009
dina

oiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii amo vc muito seu blog ta lindooooooooooooooo

7 11 2011
luisdel

Eis uma experiencia de uma amiga que andou por terras de África ( muito interessante ) :

Este ano, acabei por me inscrever num grupo estrangeiro numa viagem de aventura por terras de África. Parti a 30 de Setembro e regressei a 23 de Outubro. Ainda não estou cá muito bem sintonizada, ainda me sinto a voar. O grupo era simpático, tinha 16 participantes de diferentes nacionalidades (4 portugueses, 7 italianos, 3 australianos e 2 dinamarqueses), 1 guia/motorista e 1 cozinheiro .

Gostei muito da viagem. Já tinha saudades e vontade de regressar a África, ao fim de 15 anos da minha primeira viagem que foi ao Quénia. As coisas por lá estão a mudar bastante, estão ficar muito comercializadas. Mas é a evolução, todos querem melhorar tudo. Muitas obras para arranjar estradas e construção de pontes, tudo muito revolto. Daqui a algum tempo, nada será como antes. A travessia dos rios já não será feita naqueles barcos tão rudimentares, existirão pontes e estradas para contornar esses obstáculos.

Começámos a viagem na África do Sul. Visitámos a Cidade do Cabo e a Península do Cabo onde fica o Cabo da Boa Esperança. Ouvimos a história dos portugueses que andaram por estas paragens e das tormentas que passaram para contornar o cabo a caminho das Índias. Apesar dos avisos sobre roubos e criminalidade, andámos bem, claro que com as devidas cautelas. Sair à noite, só com ida e regresso de táxi, de porta a porta. A Cidade do Cabo é muito moderna, há lá de tudo, parece que estamos na Europa. Não se parece nada com algumas cidades de África de outros países. A paisagem, a caminho do Cabo da Boa Esperança, é linda. Praias de areia branca e lindas baías. O Oceano Atlântico tem aqui uma força e umas cores espectaculares. Avistam-se aqui tanto animais de zonas frias (baleias, focas, pinguins) como de zonas quentes (avestruz, zebras, antilopes, gazelas).

Seguimos para a Namíbia, onde as paisagens e o silêncio do deserto dão uma tranquilidade imensa. A cor vermelha da areia das dunas concorre com a cor do pôr-do-sol. Os Parques Naturais, nomeadamente o Etosha, são de uma riqueza e diversidade animal fantástica. E os passeios de barco nos rios, uma emoção. A Namíbia já possui muitos alojamentos com qualidade e uma boa divulgação das muitas actividades que se podem praticar por lá.

Visitámos depois as Cataratas Victoria, no lado da Zâmbia, que apesar de não estar na melhor época, deu para ver a grandiosidade e força do rio Zambeze, sobretudo através do sobrevoo da região e da emoção sentida quando o helicóptero entra no estreito canyon onde se precipitam as cascatas.

Andámos depois pelo Botswana, que não está tão desenvolvido como a Namíbia, mas com a ajuda dos Chineses, está a caminho disso. Demos excelentes passeios nas margens dos rios Okavango e Chobe e fizémos vários safaris para observar a grande quantidade de vida selvagem.

Gostei muito do espírito, humor, cor e alegria dos africanos, desta parte de África (Austral). Terminámos com regresso à África do Sul por Pretória, uma cidade encantadora com imensos jardins e muitas árvores de “Jacarandá”, que se encontravam em plena época de floração, um autentico festival lilás pelas ruas e avenidas. Chegámos a Joanesburgo onde nos deixaram no aeroporto.

Agora que já estou a organizar o meu video, estou a viajar outra vez, um beijo

Fernanda

1 08 2012
Tasso de Moraes Rego Filho

Caro Luis,
Fantástico o seu site/blog. Parabéns pela socialização de suas pesquisas e informações. Gostaria de receber a sua ajuda na indicação de um programa de boa qualidade que eu possa converter arquivos em power-point (slides) para leitura universal de gravações em DVD ou pen-drive. Abraços. Tasso

1 08 2012
luisdel

Obrigado pelas suas palavras caro visitante. Aconselho a visitar este site onde poderá escolher o que mais lhe convém: http://www.baixaki.com.br/busca.asp?q=+converter+arquivos+em+power-point&go=

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: